Somos a Iª secção

Nossa cor é o amarelo!

Imaginário e Simbologia

Na Iª secção, o imaginário gira á volta da famosa história do “O Livro da Selva” do autor Rudyard Kipling. Diferente das outras secções, a vivência nos Lobitos baseia-se, na Lei do Lobito. No LGS os Lobitos são chamados de Wëllefcher, ou simplesmente Wëllef.

Os símbolos são imagens que nos transportam para outro mundo, quando olhamos para elas podemos ver outras coisas que nelas estão escondidas. Os símbolos da alcateia são imagens que representam para nós o mundo da selva e do lobitismo e, por isso, são imagens que nos identificam e com as quais nos identificamos. A Alcateia é constituída por crianças dos 7 aos 11 anos. Os Lobitos formam em Bandos de 4 a 8 pessoas e o seu Patrono é S. Francisco de Assis.

GRANDE UIVO

é o grito de reunião da Alcateia. Ele é a representação de tudo o que é importante na Alcateia, desde os lobos e as suas características passando pelas personagens de O Livro da Selva, até à promessa do Lobito. Faz-se sempre que há acontecimentos importantes e se quer agradecer a presença de alguém.

SOL

é o símbolo da luz, do calor, de Deus e da alegria.

VARA TOTEM

é uma vara que tem na ponta uma cabeça de lobo. A Vara Totem de uma Alcateia deve contar a história da Alcateia, ou seja, ela deve ter marcas que identifiquem os Lobitos e os seus Chefes bem como as actividades da Alcateia.

A SELVA

a vida ao ar livre é o símbolo da aventura e do mistério. Quando vivemos na natureza, ao ar livre, somos mais uma peça neste grande puzzle que é o Planeta Terra

ROCHA DE CONSELHO

é o local de reunião da Alcateia, nele se tomam todas as decisões importantes e todas elas são partilhadas com toda a Alcateia. É um local de decisão, de responsabilidade e de partilha.

LOBO

é para nós Lobitos o símbolo da responsabilidade e da liberdade, ele representa todo o Povo Livre e a forma como ele se comporta na Selva. É um Lobo astuto e atento, dócil e amigo, corajoso e caçador que todos queremos ser.

LENÇO AMARELO

é o simbolo que identifica todos os escuteiros do mundo, quando olhamos para uma criança que tem um lenço ao peito sabemos logo que é um escuteiro. Quando olhamos para a cor do lenço sabemos a que secção pertence a criança. Os Lobitos têm lenços amarelos, cor do sol e de Jesus que nos iluminam e ajudam a crescer

Ser Lobito é…

O Lobito faz parte de um grupo maior chamado Alcateia. Os Lobitos utilizam como imaginário a história de Máugli , um menino que os lobos acolheram e criaram, conforme descreve o ‘Livro da Selva’, escrito há mais de cem anos por um senhor inglês chamado Rudyard Kipling. Máugli era um menino que vivia com os seus irmãos lobos e era ajudado pelo chefe da Alcateia – Áquêlá – e por outros animais: uma pantera negra chamada Bàguirà, um urso sábio chamado Balu, etc. Na Selva, Máugli teve muitas aventuras e divertiu-se e aprendeu muito! O Patrono dos Lobitos é o São Francisco de Assis, um santo muito amigo dos pobres e dos animais. Com ele, os Lobitos aprendem a ser cada vez melhor e a respeitar toda a Natureza!

Nos Pensamentos e Comportamentos
Um Lobito tenta sempre ser verdadeiro e bom, está pronto para ajudar os outros, é alegre, etc. A Lei e as Máximas do Lobito ajudam o Lobito a ser melhor e, se as cumprir, todos vão ver que é um bom Lobito em quem podem confiar!
Lei do Lobito
1. O Lobito escuta «Áquêlá»
2. O Lobito não se escuta a si próprio
Máximas do Lobito
1. O Lobito pensa primeiro no seu semelhante
2. O Lobito sabe ver e ouvir
3. O Lobito é asseado
4. O Lobito é verdadeiro
5. O Lobito é alegre
Para mostrar a toda a gente que é um Lobito a sério e que vai cumprir a Lei e as Máximas, deve fazer a Promessa de Lobito.
A Promessa é uma coisa séria: o Lobito vai prometer, em frente às pessoas do Agrupamento, da Família e da Paróquia, ser um Lobito cada vez melhor! Na Promessa,o Lobito recebe uma insígnia com a cabeça de um lobo para por no bolso da camisa e vais dizer isto:
Promessa
Prometo, da melhor vontade:
– Ser amigo de Jesus, amando os outros;
– Respeitar a Lei da Alcateia;
– Praticar diariamente uma boa ação.
Oração do Lobito
Divino Menino Jesus,
nós Vos oferecemos inteiramente o nosso coração.
Enchei-o das Vossas virtudes
e ensinai-nos a imitar-vos.
Nós queremos seguir o Vosso bom exemplo,
com toda a nossa boa vontade,
para assim, com a ajuda da tua Mãe, Maria Santíssima,
crescermos em idade e em graça
Ámen.
No Bando

Cada Lobito pertence a um Bando, que tem o nome de uma cor do pêlo dos lobos: branco, preto, cinzento, castanho ou ruivo. Na Alcateia pode haver de dois até cinco Bandos, que são identificados por uma bandeirola da sua cor. Dentro do bando o Lobito é chamado – assim como todos os outros Lobitos – a ter um cargo ou uma tarefa pela qual é responsável e que deve cumprir bem, obedecendo às orientações do Guia.

Na Família, na Escola, na Rua…

Ser Lobito é cumprir – da melhor vontade – aquilo que prometeu, procurando sempre imitar o exemplo do Menino Jesus. Para isso, O Lobito deve ser asseado, alegre, verdadeiro e digno de confiança, estando sempre atento e pronto para ajudar quem precisa. O desafio é ser um Lobito bom, amigo de todos. O Lobito é desafiado a criar o hábito de praticar diariamente uma boa-ação. Mas atenção, fazer uma boa-ação não é cumprir os deveres: isso são deveres, devem ser cumpridos! Praticar diariamente uma boa-ação é fazer algo mais, uma coisa que vai ajudar ou satisfazer alguém.